Add receita

Será que compensa? Saiba como vender no uber eats

Sem enrolações, o uber eats é um serviço de entregas que interliga restaurantes e clientes, por meio de um serviço de entrega peculiar. 

Os entregadores são motoristas do aplicativo Uber, que podem está ou não cadastrados no uber eats, e também motociclistas e ciclistas que trabalham apenas dentro do aplicativo. 

Esse não é só diferencial, como um dos pontos positivos. Já que tantas opções de entrega, tornam o serviço mais rápido e eficiente. 

Ok, mas só saber isso não basta para saber se vale a pena vender pelo app. Por isso vamos conhecer como funciona, as vantagens e desvantagens da plataforma e como vender no uber eats.

Conheça nossos apostilas e comece a muda de vida tendo uma nova renda. AQUI ABAIXO
NOSSOS CURSOS

Como vender no uber eats: vantagens e desvantagens 

Ninguém investe para perder, por isso antes é importante saber quais as vantagens e desvantagens do segundo aplicativo de delivery mais famoso do Brasil (atrás apenas do Ifood). 

Pontos positivos 

  • Sem custo de implementação  (você não paga para vender)
  • O parceiro não precisa se preocupar com a logística de entrega (objetivo principal do app)
  • Taxa única no valor de 500 reais, com direito a divulgação, marketing, 10 fotos profissionais e 200 sacolas personalizadas 
  • Rápido repasse de dinheiro das vendas, geralmente repassado na semana seguinte
  • O aplicativo preza por qualidade

Desafios

  • Pouco investimento em marketing, fazendo com que ele não seja conhecido
  • A taxa de pedidos é mais que um ¼ (27%) , podendo chegar a um terço da receita (30%). Esses valores dependem da negociação feita com aplicativo. 
  • O cadastramento é mais burocrático
  • Não é possível fazer moderação dos comentários, embora eles não fiquem expostos aos clientes isso diminui o restaurante no ranking. 

Passo a passo para cadastramento 

O processo de cadastro no app tem fama de ser burocrático, isso tem certa influência do fato de estar sempre sendo comparado com seu concorrente. 

Primeiro você precisa acessar o site do Uber eats, lá é pedido informações básicas em campos obrigatórios.

Como vender no uber eats

Após preencher todos os dados você precisa passar por três etapas até finalizar cadastro:

1º passo: Ler e concordar com acordo uber eats. Nele ser expresso as vantagens como também o plano de taxas atual, já que com o tempo isso pode variar. Atualmente, cobra-se uma taxa única de 500 reais. E após isso ocorre a cobrança de 30% de cada pedido atendido pelo aplicativo, sem mensalidades inclusas. 

2º passo: Enviar o seu menu (essa é sem dúvida a parte mais complicada, pois será através dele que o app irá decidir se vai ou não aceitar sua solicitação). O aplicativo é muito criterioso com a qualidade do cardápio, imagens e fontes. 

3º passo: A última etapa mostra que o aplicativo irá analisar o cadastro,  levando de 1 a 3 dias para avaliar o cardápio, e só depois desse prazo a Uber eats entre em contato. 

Conheça nossos apostilas e comece a muda de vida tendo uma nova renda. AQUI ABAIXO
NOSSOS CURSOS

Como funciona a exibição do estabelecimento no Uber eats?

Já que está disposto a saber como vender no Uber eats, saiba que a exbição do seu restaurante para os consumidores é determinada por algaritmos.

Nesse contexto, esses algoritmos se baseiam em fatores como: quantidade de clientes que visualizam o estabelecimento, quantidade de pedidos dos clientes, dados da preferência desses, e lógico, a distância entre o cliente e o restaurante.

O que o estabelecimento irá gerenciar?

Embora o aplicativo cumpra sua função de facilitar a logística de entregas, isso não significa que o parceiro fique de braços cruzados.

O Uber eats fornece um tablet para uso exclusivo dos aplicativos Uber, assim você pode controlar o fluxo de pedidos e entrar em contato com entregadores mais próximos.

Por meio dele também é possível acompanhar os lucros obtidos pelo o aplicativo, resumos gerais dos ganhos da semana, pedidos mais populares entre clientes, dias da semana com maior fluxo de pedidos e avaliações da clientela.

Esse controle é um ponto muito positivo ao negócio, já que os relatórios e informações gerados pelo app são confiáveis e precisos. Infelizmente, o Uber eats não disponibiliza a contagem dos valores obtidos pela loja física e nem por outros app de delivery.

Como aproveitar ao máximo o serviço?

Cadastrar o seu restaurante na Uber eats não é para qualquer um, tendo em vista que a empresa  tem um nicho específico para restaurantes. Isso algumas pessoas questionarem se podem vender pela plataforma mesmo não possuindo restaurante, mas com CNPJ.

A verdade é que isso depende do Uber eats, como o aplicativo não especifica em seu site as exigências para aceitar os restaurantes, somente é possível saber após o cadastro.

Assim como a plataforma do Ifood, o uber eats irá possibilitar melhor visibilidade. Por isso não deixe de investir em produtos de qualidade e bom atendimento. 

As imagens profissionais que o pacote (aquele de R$ 500 reais) oferece podem ser usadas na divulgação, seja no instagram, pinterest e outros meios para o desenvolvimento da sua marca. 

Conheça nossos apostilas e comece a muda de vida tendo uma nova renda. AQUI ABAIXO
NOSSOS CURSOS

Como Uber Eats repassa o dinheiro?

Ao se cadastrar, você irá passar seus dados bancários. Então através deles a empresa repassa toda semana os ganhos da semana anterior.

Em caso de cancelamento de pedido, o suporte entra em contato para saber se este já havia sido preparado. Se sim o repasse é feito normalmente. Outro ponto importante, é que em caso de erros de pedidos, o aplicativo possui uma política de reembolso que reitera ao parceiro os prejuízos.

Ifood Vs Uber Eats

Em comparação com o Ifood, dizer se é melhor ou não depende muito da sua região, e do seu capital. 

Embora 30% por pedido pareça um valor alto, é importante levar em consideração que no Ifood cobra-se uma mensalidade de 100 reais (plano básico) em vendas acima de R$1800, no plano entrega esse valor vai para R$130,00 

Para quem tem um restaurante é um bom negócio ter os dois, se possível. Por conta da visibilidade.

Já entre um ou outro, restaurantes pequenos e microempreendedores provavelmente verão mais vantagens no Ifood. Por conta dos valores pesarem menos no bolso. 

Mas, essa é uma decisão que cabe apenas a você e seus colaboradores. Espero que esse conteúdo tenha sido útil para você, deixe seu feedback, dúvida e sugestões nos comentários.


APOSTILAS LUCRATIVAS

Agora que já aprendeu como vender no uber eats, que tal conhecer nossa loja online com cursos para negócios com comida? Caso queira conhecer basta clicar AQUI ou no botão laranja abaixo:

Conheça nossos apostilas e comece a muda de vida tendo uma nova renda. AQUI ABAIXO
NOSSOS CURSOS


Sou produtora digital a mais de 2 anos, nesse tempo venho produzindo conteúdo para internet e tentando transformar a vida de mulheres que querem empreender de alguma forma com culinária.

Você Pode Gostar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *